Alan Merrill, autor e primeiro intérprete de um dos grandes clássicos do rock nos anos 1970 e 1980, o 'hino' 'I Love Rock 'n' Roll' (confira abaixo a versão original), morreu por complicações da infecção por coronavírus em Nova York hoje, dia 29 de março. A informação foi divulgada por sua filha, Laura Merrill, pelas redes sociais.

"O Coronavírus levou o meu pai essa manhã. Foram me dados dois minutos para me despedir [antes de ser tirada do necrotério]. Ele parecia em paz e tenho esperança que ele não vai ser apenas um número da contagem de mortos das emissoras de televisão", escreveu.

"Fiz uma série de piadas [sobre a pandemia], meu Deus, como eu me sinto estúpida agora. Se algo de bom pode sair disso eu imploro para que vocês levem isso a sério. Dinheiro não importa. Pessoas estão morrendo. Você não acha que vai acontecer com a sua família, mas pode sim. Não conseguiremos provavelmente ter um funeral para o meu pai. Perdi o maior amor da minha vida e não posso abraçar ninguém porque fui exposta e preciso fazer quarentena de duas semanas sozinha."

Merrill foi o vocalista guitarrista e compositor principal da banda Arrows. O seu principal hit é 'I Love Rock 'n' Roll', de 1975, que sete anos mais tarde foi regravada por Joan Jett. A atual geração também conhece a canção na voz de Britney Spears, versão lançada em 2001. O roqueiro também foi o primeiro músico americano a se tornar pop star no Japão, onde conseguiu lançar discos e até estrelar programas de televisão.

https://revistamonet.globo.com/Noticias/noticia/2020/03/alan-merrill-autor-do-classico-i-love-rock-n-roll-morre-de-coronavirus-aos-69-anos.html


Deixe seu Comentário